Skip to content
caret-left Voltar ao Blog

Miradouros: as melhores vistas de Lisboa

MicrosoftTeams-image-(5)

Cidade das sete colinas, Lisboa tem inúmeros miradouros que o elevam a vistas deslumbrantes, mas também a momentos únicos, em que poderá conhecer um pouco mais sobre a história da capital portuguesa ou simplesmente desfrutar de um momento que promete ser especial junto de quem mais gosta.

De mapa na mão ou com o GPS ligado, começa aqui a nossa viagem pelos melhores miradouros de Lisboa.

Nossa senhora do Monte

Ainda melhor do que um mapa da cidade, quem subir ao Miradouro de Nossa senhora do Monte, no bairro da Graça, vai deparar-se com um painel em azulejo que permite ver os principais monumentos da capital lisboeta, acompanhado por uma vista panorâmica sobre toda a cidade.

À frente da pequena capela que lhe dá nome, o miradouro já foi remodelado por duas vezes no século XX e é um dos locais mais icónicos de Lisboa, em que turistas e locais celebram um dos momentos mais bonitos do dia: o pôr do sol.

A título de curiosidade, é na Capela da Nossa Senhora do Monte que poderá conhecer a lendária cadeira de São Gens, cuja lenda diz que, se uma mulher grávida se sentar na cadeira, terá um “parto santo”.

Jardim do Torel

Este jardim sofreu várias intervenções ao longo dos anos, mas as vistas fantásticas, quer no ponto intermédio, quer no ponto alto do jardim, permanecem inalteradas.

Situado na colina de Santana, mesmo no coração da cidade, foi recentemente alvo de mais uma obra de requalificação, sendo promovido a “jardim do amor”, por ser um espaço muito verde e com plantações como a lavanda e o papiro. É o escolhido para ser visitado por vários casais de namorados pelo seu romantismo, cheiros, cores e paz que transmite.

Santa Luzia

Para quem quer observar o rio Tejo, o miradouro que também tem vista privilegiada para o bairro alfacinha de Alfama, é ideal para ver o novo Cais de Cruzeiros.

No átrio da Igreja de Santa Luzia, este miradouro também está repartido entre uma zona superior, em que se insere a igreja, e outro, com um espelho de água, que faz lembrar uma piscina.

É ainda no patamar superior que encontrará um recanto revestido a azulejo tradicional português, numa moldura que leva turistas e alfacinhas a sentarem-se para apreciar as vistas da cidade.

Portas do Sol

Conhecido por ser como que uma varanda com vista panorâmica sobre o Tejo, o bairro de Alfama e algumas das igrejas mais emblemáticas da cidade (Igreja de São Miguel, São Estêvão e São Vicente), é também neste miradouro que poderá ver a estátua de São Vicente, padroeiro de Lisboa.

Este é um dos mais amplos miradouros da cidade, mas há uma explicação para ter sido batizado com o nome “Portas do Sol”. Remetendo à época medieval, era aqui que existia uma das entradas da cerca moura de Lisboa, daí o conceito de “porta”, danificada pelo terramoto que assolou a capital, em 1755.

Panorâmico de Monsanto

Já foi um restaurante de luxo, uma discoteca, um edifício de escritórios, uma sala de Bingo e até uma zona de armazéns. Agora, é um edifício devoluto, mas que foi requalificado para garantir a segurança de quem o visita, a partir do momento em que começou a ser uma atração para milhares.

Com marcas de quem por lá passou, aqui terá uma vista de 360º sobre a cidade de Lisboa. A sua localização privilegiada, no Alto da Serafina, dá-lhe o contraste perfeito entre as vistas verdes do Parque Florestal de Monsanto, o rio Tejo e a zona antiga da cidade.

Keil do Amaral

Miradouro em formato de anfiteatro e com vista ampla sobre o Tejo, foi batizado com este nome em honra do arquiteto português Francisco Keil do Amaral, que esteve envolvido no projeto e desenho do Parque Florestal de Monsanto.

Aos fins de semana, enche-se de famílias e grupos de amigos que, muitas vezes, aproveitam a vista deslumbrante ao ar livre para fazerem pequenos convívios e piqueniques. Pela sua ligação à natureza, é também um dos locais preferidos para quem gosta de fazer desporto ou passear os animais de estimação.

Nota: vale a pena descer um pouco até aquele que será o campo de basquetebol português com a melhor vista de sempre, acredite.

Pilar 7 da Ponte 25 de Abril

A Ponte 25 de Abril, inaugurada em 1966 enquanto Ponte Salazar, é composta por 14 pilares e, todos os dias, milhares de pessoas passam pelo seu tabuleiro, seja de carro ou de comboio, para atravessarem para o outro lado da margem do Tejo.

No entanto, é possível ver a ponte e o que a rodeia de uma perspetiva completamente diferente. Numa viagem pela história da sua construção, e com recurso a vários meios multimédia, pode subir até ao nível do tabuleiro da ponte através de um elevador que o levará a um miradouro panorâmico com uma vista ímpar sobre as cidades de Lisboa e Almada, e ainda sobre o rio.

Miradouro de Santo Estêvão

Ainda é considerado um miradouro “secreto” em Alfama, mas não deverá manter-se assim por muito mais tempo.

Situado junto à Igreja de São Estevão, mesmo no coração do bairro alfacinha, é o recanto ideal para quem quer escapar às multidões, dando-lhe uma nova perspetiva sobre as características casas lisboetas em contraste com o azul do rio.

Miradouro do Jardim do Recolhimento

A poucos metros do Castelo de São Jorge (que também tem um miradouro), o Jardim do Recolhimento é outro dos segredos mais bem guardados desta zona turística.

Com Alfama aos pés, mais uma vez conseguirá uma perspetiva da cidade totalmente diferente, enquadrada pelo Mosteiro de São Vicente, o Tejo e a Igreja de Santa Engrácia.

Para além de uma estante cheia de livros e um parque infantil, quem já teve a sorte de visitar adianta que é o local ideal para tirar fotografias incríveis.

Depois de um passeio por estes lugares ímpares, é momento de aproveitar o resto do dia da melhor forma possível. Para isso, convidamo-lo a conhecer o restaurante do hotel Wine & Books Lisboa (Tasca da Memória), no coração do bairro da Ajuda, para beber um cocktail, almoçar ou jantar.

O hotel boutique cinco estrelas Wine & Books Lisboa é o local ideal para ficar hospedado durante a sua viagem à capital portuguesa. A uma curta distância do centro histórico da cidade, assim como de qualquer um dos miradouros que mencionámos, o hotel tem também um spa e um ginásio, onde poderá manter a sua rotina de exercício físico, e aliar a mesma a um momento de relaxamento.

Para mais informações e reservas, contacte-nos:

winebookshotels.com
+351 211 566 250
bookings@lisboa.wbh.pt

Reserve no TheFork.

Siga-nos também no Instagram em @winebookshotels.

Reservar
Dom 14 Abr
,
Seg 15 Abr
.